BLOGS: Blog do Andy

Blog UOL

Irmãos Coragem

08/05/2009

 

Quando vi a nota sobre o filme “Do Começo ao Fim” aqui no Mix Brasil, a minha curiosidade brigou com o meu sentimento de repulsa sobre o tema. Vi o trailer até o fim, tive que ver mais umas dez vezes. Eu estava esperando o terror e em todos os sentidos possíveis vi um vídeo sobre o amor. Parei pra pensar sobre o assunto e tentei entender os simbolismos que estão por trás dessa história, o mais obvio é que amor pra sempre, aquele que vai durar do começo da sua vida até o teu último suspiro é o amor de mãe, de pai, de irmão. Não que o amor de um amigo, de um namorado não tenha a possibilidade de ter a mesma intensidade, mas a ligação de sangue de alguma forma cria um laço que nem o tempo é capaz de destruir.

 

Incesto não é novidade, já vimos novelas, seriados, documentários, contos, peças que sempre tocaram nessa polêmica, as pessoas protestam, se escondem debaixo da cama, tapam os olhos, querem apenas não ter que lidar com o assunto. Eu penso que a intenção do diretor Aluisio Abranches não é chocar, nem criar polêmica pra faturar na bilheteria, a intenção é apenas contar uma história de amor. Só por fugir do lugar comum já acho que vale a pena ir ver e rever. Até outro dia as pessoas não acreditavam que um filme como “Brokeback Mountain” poderia estar nos cinemas e olha onde fomos parar, até passar na Globo, sem cortes passou. Ainda não tivemos o beijo gay nas novelas, mas um dia chegaremos lá.

 

O que é engraçado sobre tudo isso é que até na industria de filmes pornô esse assunto é tabu e dos grandes! A diferença entre ver um filme como “Do Começo ao Fim”, que é uma ficção e um filme pornô onde os dois atores são realmente irmãos e realmente estão fazendo sexo, são duas galáxias opostas no universo e nem quem lida com sexo como enlatado digere bem isso. Atualmente são dois exemplos, o primeiro são os trigêmeos, eles até tem nomes, mas são conhecidos apenas como “Os Trigêmeos Visconti”. Nunca fizeram sexo entre si, só estão juntos nas cenas interagindo com outros atores, nunca entre eles. Mesmo assim até hoje é polemica, muita gente acha que isso deveria ser ilegal, que deveriam tacar os três numa fogueira e salvar o mundo dessas aberrações malignas. Ignorância ainda é um grande problema em nossa sociedade.

 

O segundo exemplo é o último lançamento do estúdio William Higgins, que lançou no mercado o filme “Double Czech”. Contendo cinco cenas, onde dois irmão gêmeos interagem, no começo apenas de leve, depois nas cenas seguintes com outros atores, até chegar na cena final onde eles fazem sexo entre si. Alguns sites que publicam reviews sobre filmes, simplesmente baniram qualquer noticia sobre o mesmo, todos acharam que o limite, que na real eu não acho que exista, tinha sido ultrapassado. É irônico, porque não foi o primeiro filme com atores que são irmãos, além de que é só assistir os primeiros filmes da produtora alemã “Cazzo”, alguns de seus filmes ultrapassaram tudo, eu não poderia nem citar aqui o porque.

 

O que acho, é que todos nós procuramos esse amor, um amor incondicional, mas que as vezes, pra ser compreendido é preciso sim virar o mundo de cabeça pra baixo. Ser gay acho que tem muito disso. No final é só amor.

andyoneill.co.uk


Escrito por Andy O´Neill às 20h41 Comentários Envie

Logan McCree

 

Logan McCree, nome real Philipp Tanzer, já foi o Mr. Leather Alemanha em 2004. Ele é um dos principais atores do estudio Raging Stallion's, seu filme mais importante foi "Ink Storm", só com atores tatuados.

Seu primeiro nome, vem do personagem Wolverine, que tem o esqueleto de adamantium, onde ele usou como referência para a sua tatuagem que cobre o corpo todo, inclusive a cabeça e o pênis.


Escrito por Andy O´Neill às 09h11 Comentários Envie

I think I'm done with the sofa

07/05/2009

O famoso “teste do sofá” ainda é uma curiosidade que existe sobre o processo de seleção de modelos, atores e afins. No mundo do pornô isso parece ainda mais obvio. Sobre os outros “meios” infelizmente eu não tenho experiência pra falar o que realmente acontece, mas posso dizer que se os sofás dos estúdios de filmes pornô falassem, eles não teriam nada de muito interessante pra contar.

 

Existe essa fantasia que atrás das câmeras de um filme pornô é um bacanal generalizado, todo mundo come todo mundo, ninguém é de ninguém, já que sexo é produto, não existiriam tabus em relação a isso. Desculpa decepcionar, mas não é bem assim! Pra começar as entrevistas, casting interviews, normalmente são rápidas e super profissionais, você normalmente encontra diretamente com o diretor dos filmes, ele vai te fazer várias perguntas, preferências no sexo, posições, o que não topa, o que te excita, eles querem descobrir o teu limite. Depois disso eles sempre tiram algumas fotos, pra uso somente do estúdio, você começa vestido e vai tirando peça por peça até ficar nú, termina com foto do “membro” soft e hard. “Obrigado, entramos em contato caso seu perfil se adeque com futuros projetos”. E só!

 

Acho que já estive em quinze castings interviews até hoje, consegui passar em dez desses quinze estúdios, os outros cinco fui reprovado, magro demais, pequeno demais, pêlos demais, pêlos de menos, tudo depende da proposta do estúdio que você está sendo entrevistado. E esse é o segredo, não perder tempo, ter informações sobre os estúdios, assim você sabe se tem ou não a ver com o perfil que eles procuram.

 

Eu já estava correndo atrás de um casting interview com o diretor Michael Lucas desde que comecei, inicialmente o problema era a distancia, ele está em NY e eu estou em Londres, no primeiro contato com o estúdio dele, o assistente me passou que sem visto de trabalho eu não poderia nem ser entrevistado, foi um longo caminho, até que comecei a pentelhar o meu agente nos EUA (que agência o Michael Lucas, mas apenas pra eventos). Ele sempre soube que sou fã do ML, apesar de que a maioria dentro do mundo pornô vira o nariz quando o assunto é Michael Lucas. O que eu sempre achei ridículo, mas compreensível, porque ele se promove assim, gerando polemica e fazendo mais inimigos do que amigos. Bom, nesses e-mails de pentelhação para o nosso agente em comum, ele me avisou que o ML estava se casando numa sexta e indo pra Londres a negócios na outra semana, obviamente pedi que ele organizasse um encontro entre nós.

 

O primeiro contato foi de um outro assistente do ML, onde perguntava sobre a minha disponibilidade de horários pra encontrar o chefe dele. O segundo contato foi direto do Michael, por e-mail confirmando o encontro. O dia da casting interview tinha chegado, eu estava nervoso, mas bem menos do que esperava. No horário combinado fui encontra-lo no hotel, pontualmente bati na porta. Ele abriu, mais bonito e alto que nos filmes. Eu sabendo da reputação de arrogante dele, no começo fiquei com medo de sentir isso de perto e odia-lo. Muito pelo contrário, ele é simpático, é doce e tem charme de sobra. Começamos a falar sobre a minha trajetória, sobre o que eu curtia nos filmes, sobre Londres, uma casting interview normal. Ele me pediu pra tirar algumas fotos. Foi quando percebi que ele estava nervoso, obviamente não pelo mesmo motivo que eu, que estava diante do meu ídolo, mas acho que por estarmos sozinho num quarto de hotel. Ele estava tremendo pra ligar a câmera. Achei esse momento bem sensual, porque é um tesão ver alguém perdendo “as armaduras”. Foto sem camisa, foto de cueca, foto sem cueca, soft e pra foto hard eu estava me concentrando. Foi quando ele chegou perto e me deu um beijo no pescoço, logo estávamos nos beijando. Posso dizer que esse talvez tenha sido meu único momento anti-profissional da minha carreira, mas eu seria muito idiota e hipócrita de dizer não! Eu admiro o cara, tenho tesão no cara, ele é o cara! Dizer não? Foi gostoso, ele é bem mais carinhoso do que imaginava, a única coisa que eu mudaria, é esse “lance” americano, de falar demais durante o sexo! Eu acho totalmente broxante falar qualquer coisa, mas o que ele falou foi hilário, como se referir à uma parte traseira do meu corpo, usando uma palavra em inglês que denota uma parte dianteira do corpo feminino. Eu deletaria essa parte!

 

Alguns dias depois recebi um e-mail do ML, dizendo que tínhamos que trabalhar juntos assim que eu conseguisse o visto de trabalho ou uma solução, já que existem outra opções legais pra isso, mas que dependem de tempo e gastos. No final, penso que talvez não tenha sido um momento tão anti-profissional, de nenhuma das partes, trabalhamos num meio que o sexo é o produto e que antes de mais nada somos humanos, homens gays e sexo com responsabilidade (PROTEÇÃO) não faz mal nenhum! Ahh e não foi no sofá, foi numa cama mesmo! :P

andyoneill.co.uk

 


Escrito por Andy O´Neill às 12h19 Comentários Envie

Começar...

05/05/2009

 

Começo é sempre difícil, na minha vida por exemplo, meus começos nascem sempre com o final de algo importante. Na verdade acho que é assim pra muita gente, você só se mexe, acorda, quando a estrada acabou e decide então cavar um buraco no chão procurando um novo caminho. Foi assim que vim parar aqui.

 

Acho melhor então começar me apresentando. Meu nome é André, morando em Londres há quase 2 anos, atualmente trabalho como ator pornô onde meu alter-ego é Andy O´Neill. Até hoje recebo e-mails de pessoas me questionando sobre o que me levou a escolher um nome que não tem relação nenhuma com a minha nacionalidade, a razão é simples, com um nome brasileiro eu iria carregar muitos estereótipos, e quando estamos lançando um produto no mercado, é exatamente o que não queremos, idéias pré-estabelecidas sobre o mesmo.

 

Bom, meu objetivo com esse blog é dividir os “bastidores” do mundo que vivo, de alguma forma destruir com os pré-conceitos que a maior parte das pessoas tem (assim como eu já tive um dia) sobre o mundo dos filmes adultos. Mostrar como o buraco que eu cavei no fim daquela estrada me trouxe aqui, como tudo isso me afetou e o que vivo dentro desse meio.

 

Indo direto ao assunto, apesar de ter acontecido há algumas semanas, ainda me incomoda toda essa confusão que rolou entre o Michael Lucas e o Brent Corrigan no GayVN (O Oscar do pornô gay). O Michael é um dos meus ídolos maiores no pornô (o conheci pessoalmente ano passado, mas conto sobre isso em outro post) ele é o dono da Lucas Entertainment, é ousado, bocudo em ambos sentidos, gosta de se envolver em polêmica, mas entende o que vende e por isso conseguiu em 10 anos de história, consolidar seu estúdio como um dos mais importantes do meio. Já o Brent Corrigan, é um caso a parte, ele também atua, dirige e tem seu próprio estúdio, mas é bem jovem, talvez imaturo demais e ganhou fama por ser parecido com o Zac Efron e por ter sido o motivo que levou Harlow Cuadra a assassinar um outro produtor na Califórnia, ambos estavam lutando pelo direito de ter Brent. Harlow cumpre pena perpetua.

 

Na ultima premiação do GayVN, o Michael fez um comentário no palco de como ele se sentia enojado por alguém como o Brent ser indicado pra uma premiação tão importante, já que existem boatos que o mesmo falsificou a certidão de nascimento pra poder filmar 4 filmes antes de completar 18 (o que é motivo em qualquer lugar do mundo pra fechar um estúdio). Obvio que acabou gerando bate-boca durante a festa, o namorado do Brent dizendo que ia jogar acido na cara do Michael Lucas, o Michael Lucas saindo escoltado da premiação. No final não deu em nada e até hoje se fala sobre a baixaria.

E é exatamente isso que ainda me incomoda, talvez eu que esteja errado por achar que situações como essas só degradam ainda mais a imagem do pornô e acho que poderia ser diferente. Sabe aquela festa de família, que ta todo mundo super feliz, todo mundo arrumadinho, um clima legal, você levou seu namorado pra conhecer “a galera” pela primeira vez, ai chega o tio bêbado, quebra tudo, começa a falar besteira, a vó chorando num canto, o teu pai já sem camisa partindo pra briga e você então se dá conta que sua família é um desastre e você inevitavelmente faz parte disso tudo, e pior, que seu namorado nem está mais lá. Bom, o mundo do pornô é a minha família atualmente e por essa e muitas outras, as vezes entendo porque as pessoas me questionam como fui me meter nisso!

andyoneill.co.uk


Escrito por andyoneil às 17h32 Comentários Envie


Busca
Infomix
Receba o boletim de notícias do Mix no seu e-mail.
2006 - MIX BRASIL - © Todos os direitos reservados